Edição EXCLUSIVA AUTOGRAFADA!

PRÉ-VENDA com previsão de envio a partir de 01/08/22

Francisco Razzo, que já denunciou, em A imaginação totalitária (Record, 2016), os perigos de se confiar na política como esperança, agora pretende refletir sobre a inclinação humana de crer em homens extraordinários, cheios de certezas e grandes respostas salvadoras para os dramas do mundo. Em Minha contribuição para tornar o mundo um lugar ainda pior, Razzo convida o leitor para um exercício irônico de modéstia, no qual propõe a substituição de um espírito de grandiloquência, tão caro à nossa época, pela exaltação dos pequenos detalhes do cotidiano, das pequenas pretensões do dia a dia e, sobretudo, nas alegrias, por vezes angustiantes, de nossas incertezas. O fio condutor dessas crônicas é a liberdade de pensar, de rir, de debochar, de discordar do autor, a fim de inspirar o leitor a buscar sempre – e exclusivamente – a sua liberdade interior.

Sobre o autor
Razzo é professor de Filosofia. Fez graduação na Faculdade de São Bento e o mestrado na PUC-SP. Se interessa pelos dilemas morais da humanidade, por filosofia política, história da arte, futebol e culinária. Escreveu os livros A Imaginação Totalitária: os perigos da política como esperança e Contra o Aborto, ambos publicados pela Editora Record. Nasceu em Itapira em 1978 e gosta de jogar videogame com os filhos.

 

Minha contribuição para tornar o mundo um lugar ainda pior AUTOGRAFADO (Pré-venda - previsão de envio a partir de 01/08/22)

R$59,90
Minha contribuição para tornar o mundo um lugar ainda pior AUTOGRAFADO (Pré-venda - previsão de envio a partir de 01/08/22) R$59,90
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Edição EXCLUSIVA AUTOGRAFADA!

PRÉ-VENDA com previsão de envio a partir de 01/08/22

Francisco Razzo, que já denunciou, em A imaginação totalitária (Record, 2016), os perigos de se confiar na política como esperança, agora pretende refletir sobre a inclinação humana de crer em homens extraordinários, cheios de certezas e grandes respostas salvadoras para os dramas do mundo. Em Minha contribuição para tornar o mundo um lugar ainda pior, Razzo convida o leitor para um exercício irônico de modéstia, no qual propõe a substituição de um espírito de grandiloquência, tão caro à nossa época, pela exaltação dos pequenos detalhes do cotidiano, das pequenas pretensões do dia a dia e, sobretudo, nas alegrias, por vezes angustiantes, de nossas incertezas. O fio condutor dessas crônicas é a liberdade de pensar, de rir, de debochar, de discordar do autor, a fim de inspirar o leitor a buscar sempre – e exclusivamente – a sua liberdade interior.

Sobre o autor
Razzo é professor de Filosofia. Fez graduação na Faculdade de São Bento e o mestrado na PUC-SP. Se interessa pelos dilemas morais da humanidade, por filosofia política, história da arte, futebol e culinária. Escreveu os livros A Imaginação Totalitária: os perigos da política como esperança e Contra o Aborto, ambos publicados pela Editora Record. Nasceu em Itapira em 1978 e gosta de jogar videogame com os filhos.